PDF Imprimir E-mail

Professores da Licenciatura em Matemática finalizam últimas tarefas do novo projeto PIBID.

 

Em reunião realizada no dia 10/12/2013 os professores da Licenciatura em Matemática finalizaram mais uma etapa do planejamento do PIBID para o período de 2014 a 2018. Para o ano de 2014 foram delimitadas metas para fortalecimento da formação inicial de professores de Matemática. Para o ano de 2014, a equipe da Licenciatura em Matemática (José Fernandes, Sandro, Silvino e Jossara) já estabeleceu parcerias com os municípios de Peçanha, São João Evangelista, Cantagalo e Guanhães.

 

Em São João Evangelista a parceria foi estabelecida com a Prefeitura Municipal e Rede Estadual contemplando a E. E. Josefina Pimenta (zona urbana), E.E. Monsenhor Pinheiro (zona urbana), E.E. Carmela Dutra (Baguari), E.E. Major Lermino Pimenta (Nelson de Sena), E.E. Dr. Lúcio Vieira (Comercinho) e E.M. Antônio Medina Cardoso. No município de Peçanha a parceria foi estabelecida também  com a Prefeitura e Rede Estadual. No âmbito do Município, a E. M Odilon Behrens localizada na zona rural (Distrito de São Geraldo), foi selecionada para receber o PIBID por 04 anos. Na rede Estadual, foram selecionadas as escolas Senador Simão da Cunha e Dr. Antônio da Cunha Pereira. Em Cantagalo, a E.E. Professora Ester Siqueira foi selecionada pela segunda vez. Em Guanhães, o projeto PIBID irá desenvolver atividades na E.E. Odilon Behrens e E.E. Senador Francisco Nunes Coelho.

 

Cada escola receberá 05 bolsistas de iniciação à docência. Em cada uma destas escolas haverá um professor de matemática (bolsista) da Educação Básica que supervisionará os trabalhos dos licenciandos. Estes alunos desenvolverão atividades diversas, mas todas com foco na intervenção pedagógica e na inclusão em Matemática. Algumas metas foram estabelecidas para o desenvolvimento do projeto. São elas:

 

1. Inauguração dos estudos relacionados à Educação Matemática Inclusiva, com a criação de grupos de estudos que busquem analisar estudos e pesquisas nesta área;


2. Oferecer apoio às escolas parceiras quanto ao processo de ensino  e aprendizagem da Matemática na perspectiva da etnomatemática e da educação matemática inclusiva;


3. Elaborar materiais didáticos que colaborem com o ensino e a aprendizagem da Matemática no âmbito da Educação Matemática Inclusiva, abordando conteúdos matemáticos oriundos de contextos culturais em diálogo com conteúdos acadêmicos;


4. Realizar, no campus do IFMG/SJE, um seminário de estudos visando compreender o universo da inclusão em Matemática;


5. Realização de oficinas, nas escolas parceiras, objetivando a abordagem contextualizada de conteúdos, valendo-se da etnomatemática;


6. Implantação de aulas de apoio e intervenção pedagógica que se traduzam num atendimento paralelo ou extraturno;


7. Estreitar os laços entre IFMG/SJE e os municípios Cantagalo, Guanhães, Peçanha e São João Evangelista, através da intervenção pedagógica nas escolas parceiras;


8. Realizar feiras nas escolas que integrem e revelem a cultura matemática regional;


9. Realização de atividades nos laboratórios de informática das escolas conveniadas, objetivando a inclusão digital e a exploração de Laboratórios Virtuais de Ensino de Matemática;


10. Realização de oficinas/campeonatos de xadrez nas escolas parceiras;


11. Investigar as possibilidades apresentadas nas propostas pedagógicas das escolas para o ensino da Matemática no contexto da Educação Matemática Inclusiva;


12. Subsidiar as escolas na elaboração de currículos (em Matemática) que valorizem a inclusão nesta disciplina.

 

Para a execução deste projeto a equipe será formada por 03 coordenadores de área (professores da Licenciatura), 01 coordenador de gestão (professor da Licenciatura), 60 alunos da Licenciatura e 12 professores da Educação Básica.